Minhas férias na fazenda

Haha, não, gente, relaxa, tô zoando! Não é disso que eu vou falar aqui! Até porque eu passei as férias na cidade, mesmo...

Aliás, acho que nunca passei férias em fazenda! Litoral, direto, nossa! Meu avô tinha apartamento em Praia Grande (SP), a gente ia para lá até em julho (quando ainda existia Inverno). As melhores férias da minha vida foram em Praia Grande, disparado! Depois que meu avô vendeu o apartamento, passava as férias com ele em São Paulo, na "capitar"...

Mas, enfim... depois de 30 dias de férias, eis-me de volta ao trabalho. Descansei. O único compromisso que mantive foi a academia (que tem horas que parece não estar adiantando para nada, mas, enfim,...).

De qualquer forma, acho que o que eu mais queria dizer, mesmo, é que... nos últimos dois ou três dias de férias, me deu muita saudade da época da escola. Tipo, conforme foi chegando a volta ao trabalho, eu fui me lembrando de como eu me sentia, da ansiedade para voltar, essas coisas.

Não me entendam mal: eu gostava de tirar férias, ainda gosto, claro. Era muito bom não ter compromisso, não ter que me preocupar com horários, com coisas para entregar, com comportamento, com nada disso... Mas eu gostava do pessoal da escola, gostava de estudar (ou achava que) e, conforme ia chegando a hora de voltar, ia batendo uma ansiedade "gostosa" (se é que isso existe), aquela expectativa... Quem seriam os professores? Quais seriam as matérias? Teríamos colegas novos? Todo mundo ia voltar? Íamos ficar na mesma sala?

Aliás, sob esse ponto de vista, era muito legal, que, nessa época, tinha um equilíbrio perfeito entre permanência e mudança: era a mesma escola, com os mesmos colegas, mas mudava uma pessoa ou outra, um professor ou outro, um professor dava uma matéria diferente da do ano anterior... Claro que as perdas eram sentidas, mas, de maneira geral, era o mesmo solo, o mesmo ambiente, com algumas novidades para dar um tempero diferente... É, de fato, um equilíbrio perfeito!

Mas, enfim, nesses últimos dias pré-volta, eu me peguei com uma ansiedade similar. Como estaria o escritório? Teríamos alguma novidade? E o pessoal, como estava?

Para terminar, eu me peguei arrumando minhas coisas para voltar ao escritório na véspera, como eu fazia antigamente, para voltar às aulas (abrir a mochila, ver se tinha lápis e caneta e separar o caderno que estivesse menos usado para usar na primeira semana de aula), o que já significou o fim das férias mesmo antes de o despertador tocar no primeiro dia.

Sim: afinal, as férias começam depois da última aula do último dia de aula, mas terminam no dia em que você tem que voltar para casa mais cedo para arrumar suas coisas e ir mais cedo para a cama, para acordar no dia seguinte...

Comentários

Postagens mais visitadas