Santos: ontem e hoje?

Hoje, poderemos ver e rever um momento histórico

Para os que são da minha geração, Santos campeão da Libertadores é praticamente uma lenda contada em milhões de programas esportivos, livros, documentários. O Santos de Pelé, o quase sobrenatural Santos de Pelé, com dois títulos na Libertadores, duas estrelas na camisa, duas glórias dos distantes anos 60.
Talvez tenhamos que esperar outras tantas décadas para poder julgar o que pode acontecer hoje, no Pacaembu. O Santos de Neymar, Ganso e Muricy enfrenta o Peñarol, do Uruguai, por um título que não vai para a Vila Belmiro desde a época em que o time da baixada era praticamente invencível! E, vejam só, o Peñarol foi adversário do Santos em uma daquelas finais de Libertadores, a de 1962!
Acho que vai ser melhor eu mostrar, e não explicar, o que eu estou sentindo.
Eu cresci ouvindo falar da Seleção tricampeã em 1958, 62 e 70. Também ouvi falar de Juan Manuel Fangio, o fantástico piloto que conquistou cinco títulos mundiais de Fórmula 1! Três lendas: Santos, Seleção e Fangio.
Pois bem: vieram as Copas de 1982 e 86, e parecia que os títulos tinham ficado no passado. Veio o tricampeonato de Ayrton Senna na F1, mas a Morte impediu que o recorde de Fangio fosse quebrado. O Santos, então, nem se fala.
Mas as coisas começaram a mudar.
Em 1994, Romário, Bebeto, Taffarel e Parreira me deram o prazer e a honra de ver o Brasil campeão, o que se repetiria em 2002. Nas pistas, Michael Schumacher passou Fangio, conquistando sete títulos! Eu, de mero ouvinte, passei a espectador: eu VI a História sendo feita! Não eram mais relatos, documentários: estava tudo ali, ao vivo e em tempo real!
É por isso que eu vou torcer muito pro Santos, hoje! Porque eu quero ter esse prazer de ver o Santos chegar ao topo da América, de novo, como nos bons e velhos tempos! Aqueles de que eu só ouvi falar.
E pode ser hoje, ao vivo e em tempo real!

No mais, eu sei que tem um monte de gente que vai "secar" o Alvinegro Praiano, porque torcem pra outro time. Francamente: quem GOSTA de futebol deve torcer pro Santos, para poder testemunhar muito mais do que uma simples disputa entre clubes! Não vou nem entrar no mérito de o Santos ser ou não o Brasil em campo, hoje (em que pese que a taça viria para cá), mas pensem: independente do que acontecer no Pacaembu, os times que já foram eliminados continuarão eliminados. Quem ficou no caminho não vai receber o trófeu no colo, agora.
O que vai acontecer hoje transcende bairrismos!

Comentários

Postagens mais visitadas