Dia 2

Pois é, minhas “aventuras” na casa nova continuam! Hehe!

Bem, de novo, pra acrescentar, só que já tive meu primeiro acidente doméstico! Nada grave, mas, tipo, tomem muito cuidado ao lavar facas, tá?

Outra coisa, essa bem mais dolorosa, é que, morando em São Paulo, é necessário exercitar um pouco da insensibilidade humana. Porque, se a gente for se deixar tocar por tudo o que acontece ao seu redor, vai morrer doido!

De vez em quando, eu ouço falar de projetos para “recuperar a cidade para os cidadãos”, mas, infelizmente, não basta promover eventos culturais, palestras, debates, urbanizações, etc.

“O buraco é mais embaixo.”

Momento fotolog

DSC01336

Hoje, meus avós vieram conhecer o meu apartamento! O legal seria esperar até ter sofá, mesa, televisão, etc, mas, como isso ainda vai demorar, eu achei melhor eles virem hoje, mesmo!

Na foto, da esquerda para a direita, meu pai, minha mãe, meu avô, minha avó e meu tio Durval – que foi quem arranjou este apartamento para mim, aliás.

Poemóide #1

Enquanto todos olham para minha mesa,
Torcendo “tomara que saia”,
Minha atenção todinha está naquela morenona
De tomara-que-caia!

FUI!

Comentários

Postagens mais visitadas