Escolhas

Hoje, no dia em que peguei meu blusão mais grosso, a temperatura foi de 7 para 21 graus. Detalhe: eu cheguei a considerar um blusão menos quente. Cheguei a colocá-lo.

Tem horas que parece que eu só tomo a decisão errada. Tem horas que eu penso que a Vida se adapta às decisões que eu tomo, de forma a elas se tornarem erradas, de um jeito ou de outro.

Isso vai desde blusões a coisas que realmente podem alterar a minha vida, como namoradas, despesas, etc.

Dizem que eu tenho que confiar em mim, mas tudo o que eu sinto é que causo uma catástrofe a cada passo que dou.

Como é que vou confiar em mim, se tenho a sensação de que qualquer decisão que eu tomar será a errada, de um jeito ou de outro?

A decisão do momento é dar um tempo na busca por uma namorada e me concentrar no apartamento. Será que é a melhor coisa?

Será que não será mais difícil achar um amor verdadeiro, depois? Afinal, eu tendo um apartamento, vai ser mais fácil aparecer uma interesseira!

E se eu demorar pra conseguir o apê, será que aguento viver sem ninguém?

De fato, duro, mesmo, é essa sensação de que qualquer decisão que eu tomar será a errada!

No mais, o Max Mosley merecia um chute nos fundilhos! E, se a Ferrari deixar o campeonato, eu não assisto mais à F-1! Aliás, nem vou mais chamar por esse nome!

A quem estou tentando enganar? No fundo, eu quero e preciso de alguém.

FUI!

Comentários

Aline disse…
Meu problema é um pouco diferente. Eu sempe sei o que devo fazer, faço e sempre tenho a sensação de que não faço nada direito... Continue procurando os dois, o apê e a companheira!

Postagens mais visitadas