Depois da hora

Oi, gente!

Antes tarde...

Pois é! Eu estava tão sei-lá-o-quê, ontem, que nem me lembrei: ora, bolas, se eu não estava com inspiração pra escrever algo, podia ter pedido ajuda pra alguém, né?

E eu resolvi chamar uma bela duma dupla, logo de uma vez:

Rita Lee e Zélia Duncan - Pagu
(Rita Lee - Zélia Duncan)

Mexo remexo na inquisição
Só quem já morreu na fogueira
Sabe o que é ser carvão

Eu sou pau pra toda obra
Deus da asas à minha cobra
Minha força não é bruta
Não sou freira nem sou puta

Nem toda feiticeira é corcunda
Nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone
Sou mais macho que muito "home"

Sou a rainha do meu tanque
Sou Pagú indignada no palanque
Fama de porralouca, tudo bem
Minha mãe é Maria Ninguém
Não sou atriz-modelo-dançarina
Meu buraco é mais em cima

Nem toda feiticeira é corcunda
Nem toda brasileira é bunda
Meu peito não é de silicone
Sou mais macho que muito "home"

De novo, parabéns a todas vocês, mulheres!

25 anos depois...

Em janeiro, eu vi, pela primeira vez, depois de 25 anos, o episódio-piloto de um dos meus seriados favoritos: A Super-Máquina (Knight Rider). Sim, demorou tudo isso, o que é que eu posso fazer?

Pois bem: em 17 de fevereiro passado, fizeram uma versão nova do seriado! E, hoje, eu consegui ver o episódio-piloto dessa versão nova! E eu digo que é muuuito bacana! Espero que a audiência tenha sido boa o sufuciente para fazerem a série toda (não, ainda não está confirmado)!

Mas foi uma sensação muito gozada... O K.I.T.T agora não é mais o Two Thousand, é o Three Thousand, e não é mais um Trans-AM, mas um Ford Shelby Mustang - e ficou lindo! E ele vem recheado com muuuuito mais tecnologia do que o seu antecessor - que tinha tecnologias que ainda hoje o fariam se destacar com folga na multidão!

E, claro, o motorista, Michael Traceur, é FILHO de Michael Knight!

Enfim, cruzando os dedos: é muito legal ver K.I.T.T. & Cia de volta!! A criança em mim torce muito pra poder ver isso toda semana, de novo...

FUI!

Comentários

Postagens mais visitadas