Jogo

Oi, gente.

Escondendo o jogo

Sabem, eu leio a revista F1 Racing, a versão brasileira, digo, porque, como revista oficial, eles têm acesso a coisas a que as outras revistas não têm. Na edição deste mês, por exemplo, eles mostram a transcrição de (quase) tudo o que rolou pelo rádio da equipe Renault, durante o GP da Europa deste ano. Isso sem falar de matérias deliciosas sobre/com ídolos do passado, como Stirling Moss, Jim Clark, Giles Villeneuve, Patrick Tambay... E, claro, entrevistas com o pessoal de hoje, projetistas, donos de equipe – na edição anterior, eles trouxeram uma grande entrevista com Ron Dennis!

AGORA, como tudo que é oficial, essa revista deve ser lida com uma certa precaução.

Por exemplo, na supracitada edição atual, não há um mísero parágrafo sobre o escândalo de espionagem que abalou a categoria, neste ano...

Mostrando o jogo

Quarta-feira à noite, meus pais foram ver a netinha, a Rafaela! Não, ela ainda não nasceu – foi via ultrassom! Mas já deu pra ver perninhas, bracinhos, até a coluna! E, mais importante, o coraçãozinho batendo...

Minha mãe diz que já dá pra ver que a “Rafa” é bochechudinha! :_)

Andando o jogo

(Ok, isso foi forçado.)

Hoje de manhã, comecei a andar. É, a andar. Foi escolhendo só ruas que eu não conhecia e fui indo em frente...

Pra onde? Não sabia. Até quando? Muito menos. Por quê? Sequer desconfio.

Só andei.

Não: não tem “só” nessa história. Eu não entendi o que estava acontecendo, mas algo estava acontecendo.

Talvez eu esteja querendo chegar a algum lugar.

Saudade

Dos dias bonitos. Já estamos com duas semanas de horário de Verão, e eu ainda não consegui aproveitar que está anoitecendo mais tarde...

:(

Agora, vou sair com uns amigos. Uma coisa boa que andou acontecendo comigo é que estou conseguindo fazer, dos fins de semana, fins de semana, afinal!

“Antes tarde do que nunca”!

Força, sempre.

Comentários

Postagens mais visitadas