De Porto Alegre, São Paulo e São Bernardo do Campo

Antes de mais nada, quero deixar claro que nunca estive em Porto Alegre (RS) - coisa que ainda vou fazer, aliás! Mas nasci e estou toda hora em São Paulo (SP)!
Sabem, há uns dias, eu estava conversando com uma amiga minha que mora lá em PoA (como nos referimos à capital gaúcha, em nossas conversas via messenger), e ela me falou que o sonho dela é vir morar em São Paulo. Porque, segundo ela, Porto Alegre não tem nada!
Eu ponderei, dizendo que eu, que moro na Grande SP, acabo não aproveitando Sampa, seja por motivos de dinheiro, de segurança, de transporte (o tempo que levo pra chegar ao meu trabalho, saindo de casa, dava pra chegar a Santos!). Disse a ela que o problema é mais a pessoa do que a cidade - e sei disso por experiência!

Eu x SBC

Há uns anos, eu vivia às turras com São Bernardo do Campo, onde moro. Dizia, pra quem quisesse ouvir, que meu sonho era voltar pra São Paulo. Que lá tinha todas as coisas que minha interiorana cidade não tinha! Era o paraíso para o qual eu voltaria assim que pudesse!
Foi assim até que, durante as primeiras férias assalariadas da minha vida (julho de 2005), pude curtir sem preocupações a cidade em que moro! E Santo André também! E foi aí que caiu a ficha!
O problema não era São Bernardo! Era eu!
Era eu que estava sem dinheiro, era eu que estava sem perspectiva, era eu que estava sem futuro (não tinha nem presente!), era eu que estava (e estou!) mal-resolvido!
E meu pensamento/sentimento mudou, ante essa descoberta!

Eu x SP

Estive em São Paulo, hoje. Acompanhei minha mão numa visita ao médico (ela vai muito bem, obrigado). O consultório era no sétimo andar, e pude ter uma bela vista da capital! Há alguns anos, eu pareceria estar olhando para a mulher que eu amava!
Não hoje.
Até achei a vista bonita. Mas não senti nada de especial.
Agora, Sampa continua sendo o que é! Cresceu, para o bem e para o mal, quantativa e qualitativamente! Comparando, é sim a mesma cidade que eu tanto curti na minha infância!
Mas o meu relacionamento com ela mudou! Eu não me sinto mais à vontade lá, por uma série de razões! Não é mais a cidade das minhas férias e feriados na casa da vovó! Agora, é a cidade em que trabalho! Agora, é a cidade em que pego ônibus na hora do rush! Eu vejo uma coisa diferente da que eu esperava! Por isso, a falta de encanto, o sonho quebrado!

E então?

Então, gente, não adianta ir para São Paulo, Porto Alegre, Natal, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Florianópolis ou o que seja! Guardadas as devidas proporções, eu vou ver a cidade que eu sentir!
Pode ser até que eu vá para São Paulo, sabem? Por razões de ordem prática! E nem desconsidero a possibilidade de voltar a gostar de lá!
Mas, por hora, meu coração está na cidade que carinhosamente alguns chamam de "Bernô City"! ;)

Força, sempre, seja qual for a cidade!

Comentários

Postagens mais visitadas