TRANSFORMERS (idem, EUA, 2007) ****

20 anos atrás, este que vos escreve era fã de uma linha de brinquedos, que virou quadrinhos, que virou desenho animado! Eram uns robôs que viravam carros, aviões, revólveres, motos, trens, etc, etc, etc,...
Esses robôs, chamados Transformers (preciso explicar esse nome?), eram divididos em duas facções: os mocinhos, chamados Autobots (se transformavam principalmente em carros), e os vilões, chamados Decepticons (do inglês "deception", "traição", "enganação")! Graças a um acidente, eles acabaram vindo parar aqui na Terra - para nossa diversão!
Com todo o sucesso que tiveram, eles acabaram invadindo os cinemas, em 1986, com Transformers, o Filme - um desenho animado de longa-metragem que se passava no então longínqüo ano de 2005! Depois disso, houve ainda uma ou duas temporadas do desenho para a televisão, mas a produção americana pararia, sendo continuada, mais para a década de 90, no Japão! Aliás, parece que estão produzindo desenhos deles até hoje, por lá!
Mas eis que veio a Nostalgia Oitentista e...

More than meets the eye?

... e, pelas mãos de Steven Spielberg e Michael Bay, temos a chance de ver os transformers de verdade! Ou quase isso!
Transformers, que acaba de estrear nos cinemas brasileiros, é um filme com atores reais e robôs quase! Feitos em computação gráfica, os transformers do século XXI são PERFEITOS! Esse é o filme pelo qual os fãs esperaram vinte anos!
Mas, se vocês prestarem atenção lá em cima, verão que só há QUATRO estrelas, e não cinco!
Simples: o filme PERDE MUITO TEMPO com as personagens humanas! São muitas! Mais do que deveriam! E aparecem muito mais do que deveriam, cada uma! Outra coisa: perde-se muito tempo, também, com picuinhas político-militares dos seres-de-carne (nós)! Sim, eu sei: atualmente, as pessoas curtem essas coisas! Mas eu já disse e repito: não é para isso que eu entro numa sala de cinema!
De qualquer forma, são muitos humanos, muito tempo com eles e muito desse tempo absolutamente desperdiçado! Se tivessem limitado tudo ao Sam e seu pai e na Micaela (ó, céus!...), teria sido bem melhor! Fora eles, os humanos que aparecem não tem muuuita razão de estar lá!
Agora, tal desequilíbrio tem uma explicação: foi MUITO caro criar os robôs na tela! Portanto, não dá para colocá-los toda hora! Eles aparecem beeeem pouco! E, muitas vezes, nem saem da forma veicular!
Mas, quando saem...
Quando eles dominam a tela...
Quando eles se transformam...
Ó, CÉUS!!!!!!
É como se fosse de verdade! Simplesmente como se fossem reais! Até confesso que preferia o visual antigo deles - de novo, o incompreensível gosto atual das pessoas por um realismo exacerbado atrapalha! Mas, ainda assim, que show!!
A cena em que eles chegam do espaço, assumem suas formas terrestres e se apresentam aos humanos quase me fez chorar na cadeira! As cenas de batalha são absolutamente incríveis! De deixar preso na cadeira, mesmo! De ficar torcendo! De estar lá junto com eles!
E o Optimus Prime, então, o grande líder dos Autobots, herói de infância de tantos? Ele continua sendo aquele líder que o pessoal segue por confiança! Só que está menos paciente, digamos! E, sejamos francos, precisa ficar mais fortinho!
Ah, sim: para quem tem a minha idade, preste atenção a referências e piadas visuais sobre a série antiga!

Enfim?

Bom, vale o ingresso? Vale! Sem dúvida! É um filme bem divertido! Tem dois colírios (sendo o melhor a Megan Fox!), traz para os nossos tempos aqueles que foram os grandes heróis dos anos 80...
E, bem, é um sonho realizado!
Realizado e de portas abertas! O final, óbvio, deixa um verdadeiro portão escancarado!!! Vai ter continuação, podem apostar!
Só espero que eles descubram como fazer os robôs gastando menos dinheiro! Assim, podemos ter mais transformers e menos humanos!!
Afinal, com todo o respeito aos seres-de-carne presentes, qual é o nome do filme, HEIN???

"Transformar e rodar!"

P.S.: piadinha inevitável - os Autobots e os Thundercats andaram fazendo intercâmbio de tecnologias! Vejam o filme e entenderão! ;)

P.S. 2: se a dublagem americana do filme trouxe de volta o dublador do Optimus Prime, a dublagem brazuca trouxe de volta a voz original nossa do Megatron!!! TRI-LEGAL!

Comentários

Postagens mais visitadas